Desenvolvimento infantil : 3 à 4 anos

Oba !!! Ela teve que fazer uma pequena pausa, mas está de volta com ótimos textos sobre desenvolvimento infantil. A Terapeuta Ocupacional Nathalia Serra aborda hoje a faixa etária 3 à 4 anos. Divirtam-se porque eles crescem rápido até demais.

Sans titre

Neste mês, traremos mais um post da serie a respeito do desenvolvimento infantil, abordaremos as características e habilidades presentes dos 3 aos 4 anos de idade. Quem acompanhou todos os post, pôde notar que o desenvolvimento de uma criança ocorre de forma gradual, suas habilidades vão se aperfeiçoando com o passar dos dias e através das experimentações vivenciadas. Para quem não acompanhou ou deseja rever algum dos temas abordados, todos estão disponíveis na coluna da Terapia Ocupacional.

Escutamos o quanto é importante estimular o desenvolvimento de nossas crianças; e realmente é de suma importância estimular adequadamente nossos pequenos! Entretanto temos que tomar cuidado para não antecipar etapas do desenvolvimento, pois na maioria das vezes as crianças não possuem maturidade suficiente para enfrentar maiores demandas, podendo assim, gerar conflitos futuros. Por este motivo é importante conhecer e respeitar as etapas do desenvolvimento infantil para acompanhar e estimular nossas preciosidades da melhor forma.

Aos 3 anos, a criança está mais independente, podemos incentivá-lo a realizar diversas tarefas referentes ao autocuidado, por exemplo: despir-se e vestir-se sem auxilio, apenas com a supervisão de um adulto. Inicialmente, notaremos que as crianças apresentarão dificuldade com os botões, zipers e amarrações, podemos treinar a abotoar ou a manipular o zíper em peças de roupas fora do corpo ou em bonecos, pois acaba sendo mais fácil.

Nesta fase também podemos incentivar a autonomia, incentive a criança a escolher uma peça de roupa que ela deseja vestir. Você pode oferecer 2 ou 3 opções de peças de roupa e solicite que a criança escolha uma. Muitas famílias relatam dificuldade para estimular o vestir e despir, uma forma de tornar esta atividade lúdica é utilizando fantasias, peça para que a criança retire a roupa para vestir a fantasia dos seus super-heróis ou personagens favoritos, é muito divertido!!!

Sabemos que as fantasias comercializadas em lojas do seguimento infantil não são muito baratas, uma alternativa é utilizar materiais que temos em casa (papelão, rolinhos de papel, garrafas pets) ou roupas que a criança não usa mais para criar fantasias incríveis. Basta deixar a criatividade voar!

Sans titre2

Nesta fase a criança também já se alimenta sozinha utilizando uma colher ou garfo infantil e participa mais durante o banho. Podemos solicitar que a criança ensaboe as partes do corpo, utilize as duas mãos para passar o shampoo na cabeça, lembrando que a hora do banho ainda necessita da supervisão de um adulto, combinado?! Segurança em primeiro lugar sempre!!. Também podemos acrescentar uma tarefa que envolva cuidados com terceiros na rotina das crianças, como por exemplo alimentar um animalzinho de estimação levar algum alimento para outro membro da família, escolher uma peça de roupa para a mamãe usar…

A produção gráfica é algo que atrai e motiva crianças desta faixa etária, pintar desenhos simples com tinta, giz e canetinhas proporciona uma riqueza de texturas e favorece (e muito) a coordenação viso motora e o controle motor. Incentive sua criança a respeitar os espaços, pintando “dentro” do desenho e a utilizar diversas cores na mesma atividade. Há inúmeras tarefas que podemos criar com esse material, imprima um desenho de interesse da criança e solicite que ela pinte, ou faça formas e tracejados simples (círculos, cruz, quadrados..) e peça que ela faça igual, solicite para a criança desenhar locais que ela costuma ir (praia, parques, casa de parentes..) ou pessoas próximas.

Com aproximadamente 3 anos e meio é esperado que a criança desenhe a figura humana composta pela cabeça e mais duas partes, com a evolução da sua percepção corporal e espacial o desenho vai ganhando mais detalhes e ficando mais proporcional. É interessante solicitar que a criança desenhe a figura humana a cada 6-8 meses e guardá-las, para acompanhar a evolução do desenho e observar a evolução de suas habilidades perceptuais.

Sans titre3

Ainda nesta fase, muitas crianças apresentam dificuldade em nomear as cores, entretanto já é esperado que ela seja capaz de associar cores iguais, caso contrario é indicado que esta habilidade seja incentivada (solicitando para a criança agrupar os brinquedos da mesma cor pedacinho de papel colorido).

Outra atividade de interesse nesta etapa são os blocos de montar, a criança já constrói torres com 9 cubos e imita itens construídos com 3 blocos. Incentive também a criança a brincar em grupo, e esta é uma atividade bem interessante para isso, pois através dela podemos incentivar a criança a partilhar os brinquedos e proporcionar o inicio das vivencias e relações grupais.

E a criança de vocês? O que anda ou andou aprontando nesta fase?

Sans titre4

Escreva-nos ou nos envie fotos! Estamos curiosos!

No próximo mês traremos o ultimo post a respeito do desenvolvimento infantil, com as principais características dos 4 aos 5 anos.

Aguardo vocês! Até lá!

Nathalia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *