Desenvolvimento Infantil: 10 à 12 meses

Desenvolvimento Infantil. Essa série está muito boa! Para quem chegou agora, começamos a série com desenvolvimento infantil de 0 à 3 anos (clique) na Coluna de Terapia Ocupacional da Dra. Nathalia Serra. Impressionante como podemos auxiliar o desenvolvimento dos bebês tendo conhecimento das evoluções que correspondem a cada fase. Veja ainda como atuar e que tipo de atividades e brincadeiras favorecem esse desenvolvimento.

Sans titre.jpg

A cada dia que passa o bebê passa a demostrar mais interesse em interagir com tudo que está a sua volta e há várias algumas dicas que podemos aplica-las de acordo com a etapa do desenvolvimento que ele se encontra que poderá facilitar o processo de aprendizagem a respeito do mundo que o cerca. Nos meses anteriores, falamos a respeito do desenvolvimento “mês a mês” do 0 aos 9 meses.

E nesse mês, abordaremos o desenvolvimento infantil dos 10 aos 12 meses!

10 meses

O Bebê parece estar “mais durinho”, com movimentos mais precisos e demostra intencionalidade para realiza-los. Nesta etapa o bebê fica em pé com apoio, muitas vezes eles se apoiam em moveis para permanecer nesta posição. È possível observar que o bebê permanece mais alinhado e a cada dia que vivencia esta posição, passa a adquirir mais segurança e a permanecer por mais tempo.

Incentive o ficar em pé (em locais seguros)! Coloque brinquedos, peça para que ele manipule brinquedos (apertando, sacudindo..) cante musicas, converse.. Isso será importante para as futuras aquisições motoras!

  Sans titre.jpg

Os balbucios são mais frequentes, e muitas vezes ganham entonação. Nesta fase o bebê “parece conversar” balbuciando. Incentive (e muito) a comunicação do bebê, cante, converse, brinque “narrando a brincadeira”, eles adoram quando associamos sons aos movimentos, como por exemplo ao encaixar um brinquedo associa algum som “faça PLUFT”, irá incentivar o bebê a imitar esta ação além de estimular a comunicação. È interessante associar também solicitações simples as brincadeiras e tarefas do dia-a-dia, como o “dá” quando solicitamos que eles nos entregue algum objeto, o guardar e o pegar.

O bebê também começa a desenvolver algumas habilidades cognitivas, como por exemplo, a de que objetos pequenos cabem dentro de objetos grandes. Esta é a fase dos potinhos!!! Nas lojas de brinquedos podemos encontrar vários brinquedos (como este da foto) formados por potinhos empilháveis, é um ótimo brinquedo que poderá ser utilizado de diversas formas nas diferentes etapas do seu bebê!

Brinque de colocar objetos menos dentro dos potinhos, peça para o bebê colocar, tirar e transferir os objetos menores entre os diferentes potes! Assim estaremos favorecendo o encaixe simples, que aos poucos será aprimorado e seu bebê será capaz de encaixar peças cada vez mais complexas.

Não é necessário gastar o seu rico dinheirinho para criar brinquedos bacanas que favoreçam o desenvolvimento do seu bebê! Podemos usar potinhos de requeijão para ou qualquer outra embalagem que permita o encaixe!

Sans titre.jpg

Aos 10 meses, os bebês já tem noção de fatos que antecedem alguns acontecimentos, ele percebe que ao ir ao armário e pegar o prato antecede a alimentação. Assim, é importante antecipar tudo que irá acontecer em sua rotina, associando a algum objeto significativo para aquela atividade ( como para o banho podemos mostrar a toalha, para alimentação o prato ou algum talher, para sair de casa mostrar o sapato) e dizer (com som limpo) o nome da atividade que será realizada, como por exemplo “Agora é hora do banho”

Não se esqueça de antecipar o fim da atividade também, avisando antecipadamente o termino e associando uma musica com o encerramento ou com o dar tchau, assim o bebê se organizará em relação ao tempo, se preparará emocionalmente, evitando frustações por terminar alguma atividade prazerosa e irá favorecer a noção temporal.

 

 

11 meses

Por ter vivenciado (e muito) o ficar em pé, ele passará a usar menos o apoio, até não precisar usá-lo mais. Esta é aquela etapa que o bebê cairá com o bumbum no chão inúmeras vezes (muitooo cuidado!!! È indicado que um adulto esteja sempre por perto!!). Assim que ele se sentir seguro, irá arriscar os primeiros passinhos!!

Sans titrea

Continue realizando brincadeiras que favoreça o encaixe simples, ao perceber que a “brincadeira está muito fácil” para o seu bebê use a criatividade e troque os brinquedos, inicie com objetos com formas e cores diferentes. Nesta fase os bebês já respondem a mais de um comando, é interessante iniciar a habilidade de associação, peça para que ele comece a associar os encaixes associando cores, por exemplo colocar as peças azuis no pote azul (e mostre como faz, guiando os movimentos até que ele realize sozinho).

O não começa a ser entendido. O conceito do não é muito importante, porém muitas vezes algumas crianças demoram a compreendê-lo. Ao dizer a palavra não é importante mudar o tom de voz, torna-lo mais grave e associar com uma expressão facial de “desaprovação”. Não é necessário gritar ou ser rude com o bebê, apenas diga em um tom mais grave alterando a expressão facial. Faça com que o bebê perceba, se posicione de frente, próximo a ele e certifique-se que ele irá perceber estas alterações.

Não se esqueça de reprender imediatamente após algo que não deve ser repetido, assim o bebê irá associar o “não” a algo negativo, que não deverá ser repetido.

Sans titreg

12 meses

Um ano de muitas travessuras, diversão e descobertas!!!! Esta idade é um marco e muito comemorada em várias culturas! Então vamos comemorar brincando!!

Aos 12 meses, o bebê passa a imitar tudo que observa, incentive! Brinque de atender o telefone para dizer “alô”, de fazer comidinha, simule atividades que seja interessante para o bebê “porém de mentirinha”. Muitas vezes aprendemos pela imitação e pela repetição, então vamos que vamos brincar de imitar! Desenvolvimento InfantilAproveite a fase da imitação e fale os nomes dos objetos que fazem parte do universo dele (brinquedos, alimentos, peças de roupa) bem devagar e de forma clara, incentivando a repetir. Cante muita musicas! Muitas mamães e papais devem estar pensando: mas eu não conheço tantas musicas assim! Não se preocupe, a galinha pintadinha, o patati e o patata e a xuxa te ajudarão nessa missão! Mas nada de colocar o DVD para a criança assistir o dia inteiro, ok? Prefiro que os papais e mames cantem!!! A interação, entonação de voz, coreografias (que você pode e deve inventar) irão beneficiar e muito o desenvolvimento do seu bebê!

Nada contra aos DVDs, acredito que quando usado com moderação e de forma consciente é valido! Entretanto não recomendo que o bebê (ou crianças mais velhas) fiquem expostos por muito tempo a esse estimulo! Criança precisa de brincadeira e movimento para se desenvolver de modo saudável! Então #partiubrincar?

 

No próximo mês abordaremos o desenvolvimento infantil dos 12 aos 24 meses!
 Espero vocês!

Nathalia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *