Relato de Parto – Colestase Obstétrica

Já sabem né segunda-feira é dia de relato de parto. Hoje quem compartilha conosco a tão esperada chegada de seu bebê é a Ju, Juliana Ortiga, leitora assídua do blog. Eu realmente me surpreendi com o relato dela porque não fazia ideia de que algo assim pudesse acontecer com uma gestante (leiam para saber), realmente não deve ter sido nada fácil mas a chegada tão esperada compensa qualquer dificuldade.  No final do texto estão as informações caso você queira enviar seu relato.

014m

Bom, antes de dar o relato do parto, primeiro tenho que dizer que tudo que poderia acontecer com uma gestante, quase tudo aconteceu comigo! Então até chegar no parto sofri muitooo!

Mas o acontecimento principal foi quando completei 30 semanas de gestação e descobri que estava com Colestase Obstétrica, nunca tinha ouvido falar disto e minha obstetra que tem quase 30 anos de profissão confessou que é bem difícil, mas fui sorteada, olha que maravilha né? NÃOOO!! Ela afeta o fígado, órgão que em algumas mulheres é sensível demais aos hormônios da gravidez. O fígado normalmente produz a bile, que vai para o intestino, onde ajuda na digestão. Quando há colestase obstétrica, o fluxo de bile para o intestino é reduzido, e a bile se acumula no sangue.

Os sintomas são uma coceira insuportável que começou nos meus pés, é sério eu não conseguia usar sapato fechado,mal saia de casa, e pra piorar minha gestação inteira foi na primavera verão do ano passado onde os termômetros batiam recordes de dias quentes, e dos pés passou para as mãos, e das mãos para as coxas, bumbum, costas e partes íntimas, sim lá também! MEU DEUS, como sofri com estas coceiras, fiquei na carne viva, chegou uma hora que não dormia, não sentava, não conseguia ir ao banheiro porque queimava tudo e muito menos me limpar, para aliviar passava gelo no corpo, banho gelado bom um inferno!

Ai fiquei internada, para tomar medicações, e também tentar aguentar mais tempo para não fazer um parto tão prematuro, bom resumindo aguentei firme e forte isto até 36 semanas de gestação ai falei pra minha obstetra : – PELO AMOR DE DEUS NÃO AGUENTO MAIS!

Feitos os exames, estava tudo ok com meu filho então marcamos a cesárea de emergência para o dia seguinte! E quando me vi estava com meu marido na sala pré parto, e eu que sempre sonhei com parto natural, com musiquinha ao fundo e tudo que tem direito, lá estava eu com aparelhos, nervosa de tanto medo, quase chorando de desespero e alegria ao mesmo tempo!

Lá fui eu pra sala de parto, quando vi aquela sala enorme, cheia de aparelhos, e tudo mais e tremia tanto que só não chorei de vergonha, e eu só conseguia olhar para meu marido, que estava lá me dando todo o apoio e suporte que eu precisava, e não muito tempo depois a médica avisa:

– PAI VAI NASCER QUER VER??
OH MEU DEUS!! MEU FILHO ESTÁ VINDO DE VERDADE! só conseguia pensar isto!
OH MEU DEUS, ELE CHOROU!!!

De repente lá estava ele, ali bem na minha frente, o ” pacotinho ” maaais lindo deste mundo! eu não conseguia dizer nada, não conseguia olhar pra foto nenhuma, só olhava pra ele e chorava, todos os medos do mundo tinham ido embora e sim meu filho tão amado, aguardado estava ali bem nos meus braços! e ele segurou meu dedo olhou para mim e eu só conseguia dizer TE AMO, EU TE AMO!

Acho que ali eu descobri o que é o amor, o que realmente significa a palavra AMOR! até então eu achava que sabia, mas que nada não estava nem perto!
Hoje vejo o vídeo do nascimento e relembro cada sensação, cada pensamento que tive!
É ser mãe, não é fácil mas eu amo demais!

relatodeparto

Nota: Esse espaço está destinado ao compartilhamento de partos, considerando esse momento um dos momentos mais lindos e abençoados de cada mamãe.

Não aceitamos nenhum tipo de discriminação e comentários inadequados serão removidos porque o Clube da Fraldinha acredita que o respeito vem acima de qualquer coisa.


3 Comments on Relato de Parto – Colestase Obstétrica

  1. Maiana Lima
    07/16/2015 at 18:50 (4 anos ago)

    Oii mamães, estou procurando informações sobre colestase, estou com suspeita, e todo caso que vejo ocorreu depois de 30 semanas de gestação. Eu agora q vou completar 19 semanas… Estou desesperada e muita preocupada. Eu tbm sonhava com um parto normal, mas agora estou disposta a qualquer um, o importante é que meu filho nasça vivo e com saúde.

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *