Relato de Parto – Marido nota 10

  mmmma

Oba! Hoje e’ segunda-feira e trago mais um lindo relato de parto. Emocionante e arrepiante, apresento o relato de parto da Giovanna que contou com o apoio do marido e chegou `a maternidade com 7 cm de dilatação. Fico muito feliz em receber cada um deles e agradecida por tantos compartilhamentos. No final do texto estão as informações caso você queira enviar seu relato.

Foram 41.1 semanas de gravidez. No final confesso que estava com vontade de sumir, por causa da gravidez? Não! Por causa da cobrança das pessoas, eu não aguentava mais as perguntas do tipo: -vai esperar até quando? -cuidado com hipóxia! Incrível como ninguém chegava pra me dar apoio, até amigos médicos me aterrorizavam. Mas, eu e meu marido, tínhamos certeza do que queríamos e sabíamos que minha gravidez era de baixo risco.

Desde que descobri que estava grávida eu monitorava em casa os batimentos cardíacos do bebê e claro vivia no pré natal e fazendo USG. Enfim, chegamos às 41 semanas e eu comecei a andar mais do que andei durante a gravidez inteira kkkk, tudo na intenção de acelerar o trabalho de parto, eu estava dilatada 1cm há 3 semanas e nada de evoluir. Até que às 19h do dia 2/12/13 eu comecei a ter contração 1 a cada 10 minutos (ainda não era trabalho de parto, mas poderia evoluir), minha médica estava de plantão e às 1h do dia 3/12/13 fui no hospital para ela me examinar e sabe o que aconteceu? Nada! Nenhuma dilatação, bebê não estava “encaixado”.

Triste e desanimada eu e meu marido voltamos pra casa. Deus é soberano e tudo tem o tempo dEle. Às 5h do dia 3/12/13 comecei a sentir fortes dores e acordei meu marido: me leve no hospital, é muita dor, quero uma cesárea se isso não for trabalho de parto! Meu marido é cirurgião cardíaco, ele disse: deite que vou tocar você e sabe o que houve? Ele me tocou e escutei a frase mais esperada das últimas 4 semanas: VOCÊ ESTÁ EM TRABALHO DE PARTO! 5cm de dilatação.

Eu estava há tanto tempo desejando as dores do parto que confesso que foram as dores mais gostosas que senti na vida. Dores que tive o prazer de compartilhar com meu marido, minha médica e de todos que estavam na sala de parto.

Desde a faculdade eu sempre soube que a mulher em trabalho de parto é que sabe qual a melhor posição para ficar, quando vinham as contrações eu ia testando deitada, doía muito, na bola não me senti confortável, de cócoras eu não gostei. Sabe qual a melhor posição para mim? Andar rápido, quase correndo, as dores se tornavam muito suportáveis. Enfim, meu marido acabou de arrumar as malas no carro e lá fomos nós.

Chegando na maternidade às 6:20 estava com 7cm de dilatação: maravilha!!! Toda a equipe chegou e fomos para a sala de parto às 8:30. Lá eu fui para bola, conversei, ri e também senti as dores. Chegamos aos momentos finais: 10h da manhã, bolsa rompida, dilatação total, bebê “encaixado” e o período expulsivo começa, agora sim as dores eram fortes, agora sim eu precisava de força e meu marido estava lá firme e forte me apoiando. Até que às 10: 25 a médica coloca em cima de mim meu filho e diz: respire porque você ainda está respirando por ele. Complementa ainda dizendo: preparada pra música mais bela? E clampeia o cordão, ouvi-lo chorando e consequentemente fazendo a primeira respiração foi um momento único na minha vida, nada se compara. Imediatamente ele foi pra o peito e dançou o primeiro tango da vida dele kkkk, a neonatologista/pediatra é minha amiga e disse que dançaria com ele na sala de parto. E… Davi #delicinhademamae chegou ao mundo com apgar 9/10, 50cm, 3,470g

mammmma

mama

mammma

mamma

 

 

relatodeparto

 

 

Nota: Esse espaço está destinado ao compartilhamento de partos, considerando esse momento um dos momentos mais lindos e abençoados de cada mamãe.

Não aceitamos nenhum tipo de discriminação e comentários inadequados serão removidos porque o Clube da Fraldinha acredita que o respeito vem acima de qualquer coisa.

23 Comments on Relato de Parto – Marido nota 10

  1. Cléo Moretti
    10/01/2014 at 10:36 (4 anos ago)

    Meu marido também esteve ao meu lado nos dois partos, foi meu suporte!

    Responder
  2. Jamilly Lima
    10/01/2014 at 10:44 (4 anos ago)

    Relato de parto é sempre emocionante.
    Marido ajudando nessa hora faz toda a diferença.

    beijos

    Responder
  3. Letícia Castilho
    10/01/2014 at 11:15 (4 anos ago)

    Amei o relato, muito emocionante! Que bom que o marido mesmo fez o toque e já indicou pra ela os centímetros porque a gente fica tão ansiosa pra saber se está ou não em trabalho de parto, e ter um marido médico em casa pra te dizer isso deve ser perfeito haha! Amei.. Beijinhos, Lê.

    Responder
  4. Mãe Sem Frescura
    10/01/2014 at 15:48 (4 anos ago)

    Olá.

    Que linda historia.
    Queria muito ter vivido este momento, mas tive complicações e tive que fazer cesárea.

    Responder
  5. Amanda Coimbra
    10/01/2014 at 17:09 (4 anos ago)

    Que linda história confesso que e primeira pessoa que que diz que gosto das dores do parto. Gosto muito de ver esse relatos. Nao sou mae mas deve ser lindo esse momento mesmo com as dores
    Bjos .

    Responder
  6. Fernanda
    10/01/2014 at 19:37 (4 anos ago)

    Muito lindo teu relato.
    É incrível a ansiedade que a mulher fica nas ultimas semanas.
    Parece mentira que a gente deseje tanto sentir dor!!!
    Mas é uma sensação única ter nosso bebê nos braços pela primeira vez.
    Bjinhos.
    http://prosaamiga.blogspot.com.br/

    Responder
  7. Adriana
    10/01/2014 at 20:48 (4 anos ago)

    Que lugar lindo amiga, quero um dia ter a oportunidade de ir lá tbm.
    Beijo
    Adri

    Responder
  8. Adriana
    10/01/2014 at 20:51 (4 anos ago)

    Lindo relato de parto, adorei conhecer melhor a Giovanna.
    Beijos
    Adri

    Responder
  9. Juliana Pelizzari Rossini
    10/02/2014 at 00:38 (4 anos ago)

    Amei o relato do parto.
    O apoio do marido faz toda a diferença nesse hora, que as pessoas aos invés de ajudar, fica colocando pressão e medo na gestante…
    Deus é maravilhoso e deu tudo certo, foi um parto lindo. Deus abençoe a família.
    Bjs
    Ju
    Mãe Sem Fronteiras

    Responder
  10. Nanda
    10/02/2014 at 00:40 (4 anos ago)

    amiga recordo que na primeira gestação
    fui e voltei umas duas vezes
    já na segunda uma só
    amei saber sobre eu relato

    linda noite bjs

    Responder
  11. Cibele Lima
    10/02/2014 at 11:07 (4 anos ago)

    Linda historia bjo

    Responder
  12. Cristiane
    10/02/2014 at 12:38 (4 anos ago)

    Coisa incrível, cada mãe tem sua história seu modo… mas não importa a forma é emocionante os momentos que antecedem a chegada do bebê.
    Fiquei impressionada dela ter achado gostosas as dores de parto kk
    bjss

    Responder
  13. Iasmin Rodrigues Marques
    10/02/2014 at 23:49 (4 anos ago)

    Nossa linda história, aqui o marido ficou ao meu lado o tempo todo também foi em todas as consultas
    e na hora do parto estava lá comigo.

    Um beijo

    Responder
  14. Ludmyla
    10/02/2014 at 21:13 (4 anos ago)

    Que linda história!! Aqui não cheguei entrar em trabalho de parto,mais como eu e o bebe corriamos risco de vida, o marido ficou no meu lado o tempo todo!!

    Beijos

    Responder
  15. Roberta Aquino
    10/02/2014 at 22:38 (4 anos ago)

    Nosssaaa .. só de ver as fotos fiquei nervosa e suando … ufaaaaaa!
    Que guerreira e que maridão …

    ✿*´¨)*
    ¸.•*¸.• ✿´¨).• ✿¨)
    (¸.•´*(¸.•´ Roberta Aquino
    <a href="http://www.talmaetalfilha.blog.br//&quot; Tal Mãe, Tal Filha Blog

    Responder
  16. Gerivania Ferreira
    10/03/2014 at 02:18 (4 anos ago)

    Ai que emoção , meu marido não ficou comigo 🙁 hospital mal sabia quando ia nascer meu bebe, cheguei as 19 h e ela nasceu as 04:00 da manha, e quando ele chegou na sala de parto, passou mal . rs

    Beijos!
    Geri Ferreira
    http://www.encantodemeninablog.com

    Responder
  17. Ramonnielly Morais
    10/06/2014 at 14:33 (4 anos ago)

    Que história linda, que apoio maravilhoso.. hj depois de 7 meses do nascimento da minha bb, ainda é impossível não se comover com novos relatos 🙂

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *