7 Dicas para ensinar sobre educação financeira para crianças

Podemos aprender sobre educação financeira desde a infância e desenvolver uma relação saudável com o dinheiro para toda a vida. E quanto mais cedo as crianças aprenderem sobre economia, mais cedo também vão saber lidar com questões relacionadas. Mas como investir na educação financeira para crianças? Anote algumas dicas!

Educação financeira faz parte do ensino para a vida e quando as pessoas aprendem ainda na infância, desenvolvem uma relação mais ética com o dinheiro. Ensinar sobre o assunto com os pequenos não deve ser uma tarefa difícil e para que você desempenhe com sucesso, selecionamos algumas dicas. Confira:

  1. Ensine o valor do dinheiro

Gradualmente, vá mostrando ao seu filho o valor do dinheiro, ensinando sua importância e também que existe um esforço para ganhá-lo. Mostre também que para comprar roupas, alimentos, brinquedos, entre outras coisas, é preciso trabalhar todos os dias.

  1. Mostre a importância de economizar

Faça uma poupança, ou mesmo um cofrinho em casa, e separe determinada quantia em dinheiro para guardar, com a finalidade de comprar algo, mas deixe-o acompanhar esse processo.

Assim ele vai entender a importância de poupar e de poder realizar determinado projeto, já que guardou dinheiro para isso. Enfatize que o que sobrou são para as contas básicas.

  1. Ajude-o a se familiarizar com o salário

Determine o valor de mesada mensal para dar ao seu filho para que ele se familiarize com o salário. Ensine-o a gerir esse valor todos os meses e quando for passear, permita que ele pague pelo sorvete, por exemplo.

  1. Ajude-o a identificar prioridades

Desde cedo podemos aprender a estabelecer prioridades e você pode ensinar o seu filho sobre o que é dispensável e o que é importante. Deixe-o tomar decisões e escolher entre o que é um desejo e o que é uma necessidade para que ele aprenda a gerir seu dinheiro.

  1. Faça um empréstimo com ele

Se o seu filho recebe determinado valor de mesada e esse valor acabar no meio do mês, que tal aproveitar e oferecer um empréstimo a ele? Assim você já ensina a importância de fazer cálculo e o ajuda aprender a dividir seu dinheiro para usar determinada porcentagem por vez.

Ao emprestar, cobre juros. Mostre a ele que um empréstimo funciona exatamente dessa forma. Se ele quiser emprestar R$ 20,00, mostre que no outro mês ele terá que devolver R$ 25,00, por conta dos juros. Essa é também uma forma de ensiná-lo como não gastar mais do que se ganha.

  1. Mostre que nem sempre o que é mais caro, é melhor

Por exemplo, no supermercado você pode comparar um mesmo produto de marcas diferentes e levar o mais barato e que supra suas necessidades. Assim, seu filho entende que existem outras opções e que elas também são boas, além de mais baratas.

  1. Estabeleça meta de curto prazo

Essa é uma forma prática de ensinar o seu filho a alcançar objetivos, mas lembre-se de estabelecer metas que ele possa realizar a curto prazo. Assim que ela for alcançada, aumente esse objetivo e mostre que ele é capaz de alcançá-lo.

E não se esqueça que as crianças aprendem mais com a prática dos pais, então, avalie a sua relação com o dinheiro. Seja coerente com o que você ensina ao seu filho.

Por: Andréia Silveira, colaboradora do site Emprestimo.org.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *